Tag - infecção

Prevenção de Infecção na Assistência à Saúde

Por: ANVISA.

Sabe-se que a infecção leva a considerável elevação dos custos no cuidado do paciente, além de aumentar o tempo de internação, a morbidade e a mortalidade nos serviços de saúde do país.

A principal finalidade desta publicação da Anvisa é contribuir para reduzir a incidência das IRAS em serviços de saúde, a partir da disponibilização das principais medidas preventivas práticas adequadas à realidade brasileira

Os tópicos são:

  • Medidas de Prevenção de Pneumonia Associada à Assistência à Saúde;
  • Medidas de Prevenção de Infecção do Trato Urinário;
  • Medidas de Prevenção de Infecção da Corrente Sanguínea;
  • Medidas de Prevenção de Infecção Cirúrgica.

Para ler o Manual completo,  Clique.

Leia mais...

Diagnóstico Precoce do Pé Diabético

Por: Sociedade Brasileira de Diabetes.

O pé diabético é conceituado no glossário do Guidance (Recomendações) 2015, do IWGDF (International Working
Group on the Diabetic Foot ou Grupo de Trabalho Internacional sobre Pé Diabético), como “infecção, ulceração e/ou destruição de tecidos moles associadas a alterações neurológicas e vários graus de doença arterial periférica (DAP) nos membros inferiores”. Os dados epidemiológicos são variados e denotam a diversidade regional dos desfechos
dessa complicação: em países desenvolvidos, a DAP é o fator complicador mais frequente, enquanto nos países em desenvolvimento, a infecção é, ainda, uma complicação comum das úlceras dos pés em pacientes diabéticos (UPD), resultando em amputações. A frequência e gravidade também deve-se a diferenças socioeconômicas, tipo de calçados usados e cuidados, que não são padronizados em escala nacional nesses países.

Para saber mais, acesse Clique.

Leia mais...

Ação do Gel Polihexanida em Queimados

Por: Revista In Derme, Enfermagem Atual.

A queimadura é uma das mais devastantes afecções encontradas na medicina, afetando o indivíduo no aspecto físico, psicológico e social. De acordo com dados da National Burn Information Exchange, as lesões por queimadura são a terceira causa de morte acidental em todas as faixas etárias, 75% dessas lesões resultam da ação da vítima e ocorrem no ambiente domiciliar.

O uso de novas tecnologias para cobertura e controle de infecções vem mostrando ser uma medida que contribui para a redução significativa da morbimortalidade por queimaduras. Consequentemente, vem resguardando um melhor prognóstico ao paciente, visando a diminuição de sequelas e uma melhor qualidade de vida.

Este estudo descritivo aborda a evolução do tratamento tópico ideal para uma assistência mais humanizada para a clientela de queimados.

Para acessar o estudo completo, Clique.

Leia mais...