Acontece

Novo Ambulatório de Feridas, Cuidado com o Paciente

O Cenfe inaugura agora em Novembro/18 seu novo ambulatório de feridas, localizado em Brasília, mais um espaço de saúde voltado à comunidade em geral com objetivo de concentrar o atendimento de pacientes de toda a cidade.

O ambulatório de feridas tem o intuito de atender a demanda de pacientes com algum tipo de lesão crônica ou aguda e especialmente ser uma unidade de atendimento para as demandas médicas das especialidades da Endocrinologia, Oncologia, Cirurgia Geral e Vascular, Dermatologia, Clínica Médica e outras especialidades cujo ambulatório possa apoiar o atendimento para realização de procedimentos.

O espaço conta com estrutura de sala de procedimento, consultório e recepção, habilitados para o atendimento médico e de enfermagem. A unidade está localizada na Quadra 716 Sul, Conjunto B, Bloco 5, Loja 08, Edif. Centro Médico Brasília – Brasília (saiba mais).

 

Serviços que serão realizados no ambulatório:

  • Curativos especiais (saiba mais)
  • Curativo por pressão negativa, à vácuo (saiba mais)
  • Tratamento de feridas à laser (laserterapia) – (saiba mais)
  • Curativo por LED – (saiba mais)
  • Ultrassonografia vascular

 

Tipos de feridas atendidas:

  • Feridas Diabéticas, Pé diabético.
  • Úlceras por pressão e Dermatites (saiba mais).
  • Feridas Oncológicas.
  • Feridas Venosas e Arteriais.
  • Lesões Neuropáticas.
  • Queimaduras.
  • Úlceras e Feridas por Traumas e Quedas.
  • Feridas Cirúrgicas (Deiscências).
  • Epidermólise Bolhosa.
  • Inflamações, Edemas e dores em geral.
  • Fissura da amamentação e Mamarias.
  • Enxertos de pele.
  • Onicomicose (saiba mais)

 

À disposição das equipes médicas

O Cenfe já atua no processo de tratamento de feridas desde 2017, por meio do atendimento em nível domiciliar e do fortalecimento da formação de estudantes e profissionais da área da saúde. Com o aumento das atividades, a visão de um cuidado integral mobilizou a instalação de um espaço específico.

O ambulatório fortalece o desenvolvimento da saúde da região.

“Vamos trabalhar muito próximos dos médicos e equipes de saúde para oferecer ao paciente toda a assistência para o tratamento de feridas” comenta Benedito Silva, Diretor da empresa.

Leia mais...

Cenfe reorganiza agenda do Workshop

A agenda do 2º Ciclo Cenfe de Workshop em Feridas foi reorganizada e a partir do próximo módulo passa a ter aulas mensais.

A reorganização buscou compatibilizar as datas das aulas às agendas dos professores, em função do curto espaçamento de tempo, e principalmente para assegurar que a transmissão do conteúdo do formato Online se dê de maneira plena e possibilite melhor planejamento dos interessados e participantes.

Com isso o Cenfe conseguirá produzir mais conhecimento e melhor interação com os participantes, especialmente no pós-aula quando há demandas de perguntas a serem direcionadas aos professores.

Cada módulo gerará uma sessão no sítio do Cenfe, no ambiente de educação (para pessoas cadastradas), criando uma forma de “biblioteca” do que foi apresentado.

Desde já o Cenfe conta com a compreensão dos participantes. Dúvidas e informações podem ser esclarecidos nos canais de atendimento do Cenfe, pelo email administrativo@cenfewc.com.br  ou pelo Whatsapp (61) 9 8641 9201.

Inscreva-se em cenfe.med.br

Confira a reprogramação:

 

 

Leia mais...

Inscrições Abertas: Workshop em Feridas

Estão abertas as inscrições para o 2º Ciclo Cenfe de Workshop em Feridas, uma iniciativa do Centro Especializado no Tratamento de Feridas e Lesões Complexas que busca contribuir para o aperfeiçoamento dos profissionais atuantes no tratamento de lesões em todo o Brasil.

Este edição dos Workshop’s traz abordagens importantes para os profissionais da enfermagem, médicos e outros profissionais da saúde com interação ao tema feridas.

Os participantes terão à disposição 10 módulos com temas de relevância e imprescindíveis na área de Tratamento de Feridas. O workshop é modular, permitindo aos participantes participarem de TODOS os módulos ou selecionarem, quando de interesse, um ou mais cursos para participarem isoladamente.

 

Os MÓDULOS de conhecimento:

  • MÓDULO 1 – Rastreamento de Neuropatia e Doença Arterial Periférica em Pacientes Diabéticos;
  • MÓDULO 2 – Úlceras por Pressão e Dermatite Associada a Incontinência;
  • MÓDULO 3 – Avaliação e Diagnósticos de Enfermagem nas Úlceras Vasculogênicas e Uso de Terapia Compressiva;
  • MÓDULO 4 – Feridas Crônicas e Infecção;
  • MÓDULO 5 – Queimaduras: Conceitos e abordagem geral;
  • MÓDULO 6 – Principio de Ação das Coberturas Utilizadas no Mercado e Escolha da Cobertura Ideal;
  • MÓDULO 7 – Bases da Assistência de Enfermagem em Estomas Intestinais e Urológicos;
  • MÓDULO 8 – Abordagem de Enfermagem no Paciente com Ferida Oncológica;
  • MÓDULO 9 – Segurança do Paciente: Entendendo o Programa;
  • MÓDULO 10 – Metodologias Ativas Aplicadas na Prevenção de Quedas.

 

CARACTERÍSTICAS:

  • Será emitido certificado;
  • Cada módulo terá carga horária de 3 horas.
  • Se o participante cursar todos os módulos terá acumulado ao final carga horária de 30 horas (certificado de 30 horas).
  • Por ser modular, o participante pode escolher especificamente os módulos que deseja cursar. Caso não opte por realizar todos os módulos, receberá certificado apenas com a carga horária efetivamente cursada.
  • Cada módulo terá turmas Matutinas (de 09hs às 12hs); e Vespertinas (de 13hs às 16hs);
  • O participante, de acordo com sua disponibilidade, pode escolher uma das turmas dentro do Módulo.
  • Os módulos são compostos por aulas expositivas e casos clínicos.

 

LOCAL

Os cursos serão realizados na cidade de Brasília, na unidade IMP Concursos da Faculdade Unyleya Educacional, localizado no SIG Quadra 4, Bloco A, Térreo, Edifício Financial Center.

 

INSCREVA-SE! ACESSE

Leia mais...

Congresso: Feridas Na Visibilidade

Publicado no Portal Conexão Home Care.

No começo do mês aconteceu o VI Congresso Brasileiro de Prevenção e Tratamento de Feridas, trazendo o tema Feridas na Invisibilidade. Com importante repercussão no cenário nacional a sexta edição do congresso reuniu centenas de profissionais da saúde em torno das práticas que cercam os cuidados de saúde com lesões, seu manejo e as tecnologias atualmente disponíveis e aquelas que se avizinham como alternativas aos tratamentos.

Tão importante quanto as discussões em si a respeito das diferentes abordagens que cercam os cuidados com lesões, a exemplo das competências do profissional, a definição das tecnologias apropriadas, o manejo e tratamento de condições complexas e a introdução, cada vez mais rápida, de insumos capazes de responder diferentes necessidades, o congresso coloca a especialidade feridas no centro das atenções da saúde pública e suplementar, doença de importante repercussão à medida que acomete milhares de pessoas, consome recursos de grande monta de pacientes e pagadores e pode levar o doente a óbito.

O conceito amplo de tratamento de feridas vem ocupando cada vez mais espaço nas discussões das equipes de saúde e principalmente das operadoras de planos, no que diz respeito à necessidade de oferecer um nível de atenção com foco na lesão e nas comorbidades do doente que ocasionam a ferida e muitas vezes a estaciona em determinado estágio, além do que nas ações preventivas e ao fato de que os custos do tratamento, com a introdução de muitas tecnologias, estão em uma ascendente.

Tratar feridas não é realizar curativo. Este último é uma ação dentro do processo de tratamento de feridas e em geral uma das últimas entregas desse processo e da conduta em si. O que se tem observado e que está em processo de mudança é exatamente essa distinção entre a especialidade feridas, a complexidade de se estabelecer um conjunto de condutas assertivas aos cuidados de uma lesão complexa, e o simples ato de uma troca de curativos.

É uma discussão que não se esgota com o encerramento do congresso. Este é o ponto de partida para que entendamos a necessidade da repercussão do tema de maneira ampla e principalmente à parte mais interessada, o paciente. São poucos os doentes que conhecem e buscam profissionais especializados em tratamento de feridas. Os pacientes, em especial aqueles da saúde suplementar, ainda estão soltos em um sistema compartimentado, em geral entendem como porta de entrada para suas lesões o ambulatório de um hospital, especialidades médicas da Dermatologia e da Cirurgia Vascular, uma indicação de um familiar, mas desconhecem que o tratamento de feridas é uma especialidade da enfermagem e que essa se incumbe de interagir com outras áreas da saúde para definir o tratamento apropriado.

Tratar feridas é uma especialidade interdisciplinar que tem como personagem central a enfermagem, interagindo com diferentes profissionais da saúde a fim de estabelecer o conjunto de cuidados mais apropriado ao doente. Nesse sentido pode e deve interagir, quando necessário, com médico, fisioterapeuta, nutricionista, fonoaudiólogo, com colegas, entre outros.

Aos poucos o mercado tem apresentado iniciativas e unidades apropriadas aos cuidados de feridas que revelam a repercussão que o tema tem para a saúde e para a gestão dos custos. A conhecida frase “tratar feridas é um procedimento caro” está repleta de vieses, pois o que torna um tratamento caro é a falta de conhecimento (que inclusive coloca em risco o doente) e a utilização de estruturas de alto custo, que acabam por encarecer o serviço.

Em novembro de 2018 acontece a próxima edição do congresso e até lá há muita coisa para se construir.

Leia mais...
Pular para a barra de ferramentas